As bodas de Caná: bodas de Jesus Cristo e sua Igreja

 

…para compreenderem plenamente o mistério de Deus, Cristo, em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos.”

(Colossenses 2:2)


>>>As bodas de Caná é o primeiro milagre de Jesus, do Noivo que resgataria um povo morto para ser sua Noiva, em si mesmo, para todo o sempre.

>>>Esse milagre como os outros de Jesus, além de maravilhoso no seu fato mesmo, aponta para dimensões espirituais mais e mais altas indicando que tudo confluí Nele, por quem e para quem tudo foi criado.

>>>As bodas de Caná são os princípios dos seus sinais e representa o próprio casamento do Filho unigênito de Deus com sua Igreja.

A mãe e a noiva simbolizam igualmente a  Igreja: a mãe, de onde  nasce o Filho de Deus. E a noiva, para quem será o Filho de Deus uma vez gerados filhos no Espírito de Cristo. Este é o Noivo e é o Filho.

“Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, achando-se ali a mãe de Jesus. 2 Jesus também foi convidado, com os seus discípulos, para o casamento.”

 João 2

>>>A festa do grande Casamento entre Deus e seu povo se inicia com a ressurreição de Jesus, ao terceiro dia.

“Três dias depois, houve um casamento…”

>>>Sua mãe representa a Filha de Sião, o povo que Deus tinha separado para Ele, sobre quem estava a promessa que da sua própria raiz, do seu renovo (raiz de Jessé), seria gerada uma nação Santa, um Filho, o Filho de Deus.

>>>Pois todos os homens antes de Cristo  e, mesmo hoje, aos que ainda não tem a Cristo, no estado natural em que nascem dos pais de carne,  quero dizer, da vontade da carne e do sangue, não são filhos de Deus, mas apenas criaturas humanas.

>>>Só podemos sermos feitos filhos de Deus no Filho Unigênito de Deus, o “único” gerado.  Por isso, apesar de serem muitos os filhos pela adoção em Cristo constituímos, no entanto, um único filho em Jesus Cristo. Do qual Ele é a Cabeça e nós o Corpo Dele. Sendo um só.  (ver Jo 1:12; Jo 3; Lc 1:35; I Co 12)

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; 13 Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.”

Jo 1:12

>>>Então, ao terceiro dia começa as bodas esperada por toda Criação, na ressureição do Corpo de Jesus, em que estão todos os que creêm Nele,  Corpo sem corrupção e eterno.

 >>>Mas durante a festa deste casamento acaba o vinho.

“3 Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho. 4 Mas Jesus lhe disse: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.”

>>> O vinho representa aqui a alegria da festa, o sangue espargido do Cordeiro, que livra da morte (Ex 12).

.

 O acabar do vinho

Infelizmente, pela nossa própria prostituição,  isso  tem acontecido com a Igreja hoje, com os que participam das bodas nestes dias.

A alegria e a novidade de vida do sacrifício de Jesus Cristo tem acabado. Praticamente não se prega mais sobre sua cruz e sobre as riquezas intermináveis deste seu ato na criação.  Não se alegra mais com essa novidade.

A troca com Deus, o comércio dentro do seu Templo (que é o nosso coração),  e a religiosidade fria perante os homens, sem amor, tem invadido as igrejas com um espírito de egoísmo e divisão muito grande.

>>>E, como a própria Palavra de Deus testifica, chegará  um ponto que o vinho acabará de vez!

Triste e dura coisa será isso pois, acabar o vinho, significa acabar a paz, a alegria e a unção do Espírito Santo, trazendo uma terrível seca espiritual em que muitos da Igreja não resistirão e perecerão para sempre.

Há lastimoso clamor nas ruas por falta do vinho; toda a alegria se escureceu, desterrou-se o gozo da terra. 12 Na cidade só ficou a desolação, a porta ficou reduzida a ruínas.”  Isaías 24:11

Quando acontecer, a Igreja clamará por vinho, como Maria fez.

Mas, por nossa prostituição espiritual e física, Jesus nos dirá: “Que tenho Eu com vocês?”, estranhando aquela que deveria ser sua Esposa.

Porém, ainda sim, os seus que  tiverem resistido e reconheceram seus desvios e suas iniquidades, tendo conservado o amor pelo seu Senhor,  verão ainda a misericórdia de Deus  como nunca viram.

Ficarão à postos para vontade de Jesus, como os serventes:

“5 Então, ela falou aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser.”


>>> [Os serventes são os filhos e servos de Cristo. Eles formam a mulher, a Igreja, aqui como Maria. Os dois são a mesma coisa]

>>>E ao obedecerem a voz de Jesus verão o milagre de Deus acontecer!

>>>A transformação do vinho! Vinho melhor do que o do princípio da festa!

Nos tempos finas, a Igreja estará cheia do gozo do sacrifício, do sangue de Cristo em nós!

Haverá um transbordar como nunca e o Nome Dele será outra vez exaltado acima de tudo, tanto no céu e na terra.

“6 Estavam ali seis talhas de pedra, que os judeus usavam para as purificações, e cada uma levava duas ou três metretas. 7 Jesus lhes disse: Enchei de água as talhas. E eles as encheram totalmente.

8 Então, lhes determinou: Tirai agora e levai ao mestre-sala. Eles o fizeram. 9 Tendo o mestre-sala provado a água transformada em vinho (não sabendo donde viera, se bem que o sabiam os serventes que haviam tirado a água), chamou o noivo 10 e lhe disse: Todos costumam pôr primeiro o bom vinho e, quando já beberam fartamente, servem o inferior; tu, porém, guardaste o bom vinho até agora.”

>>>Acontece que só terão este melhor do vinho nestes dias (que já estão à porta) os que tiverem cheios do Espírito Santo (a água das talhas para “purificação”).

As talhas representam nós,  vasos de barros.

E  água que as enche, o Espírito Santo naqueles que O receberam.

Só esses que se conservarem cheios participarão da transformação (o mesmo que acontece na parábola das virgens com o azeite e das que ficam sem o azeite quando vem o noivo).

>>>São seis talhas porque representam a véspera do Dia do Senhor , o sétimo dia, o Descanso (ver Hebreus 4). Véspera dos tempos finais, da sua vinda.

>>>E neste último renovo da manifestação do Espírito na Igreja, antes da  vinda de Cristo, o Mestre Sala, o Dono da festa, que representa  Deus Pai Todo-Poderoso, provará o vinho das bodas e se agradará do milagre do melhor Vinho do seu Filho.


 “…tu, porém, guardaste o bom vinho até agora”


E será de um sabor como nunca degustado na terra.  Intenso manifestar de Deus nos seus filhos em amor, sabedoria, dons, prodígios, sinais…

É sobre esses servos, nestes dias finais, que foi dito no livro do profeta Daniel:

“Os que forem entendidos, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.”

Daniel 12:3

E o nome de Jesus Cristo será outra vez engrandecido sobre toda a criação, numa demonstração Dele e da sua Palavra como nunca houve até então.


 >>>A quem o Espírito testificar que creia! E que possa ser aberto para o Novo Vinho de Deus que vem!!

>>>Maranatha ó Jesus Cristo! Reis dos reis, Princípio e Fim, Todo-Poderoso vindo!


Alan.

almzm@hotmail.com

.

[Outras Palavras / Página principal]

7 comentários

  1. Quero agradecer ao irmao pela mensagen que esta na internet;me me ajudou muito na minha pergaçao de domingo a noite!Quero deixar regitrado ao irmao a minha esperiencia! Eu li varias mensagens e nao encontrava nada que tocase o meu coraçao!Eu orei ao senhor e pedi uma direçao um sinal,quando eu vi a palavra maranatha eu seti que Deus acabara de me dar o sinal que lhe pedira! a pas do senhor jesus! Que Deus cotinue te abençoado!

  2. Que coisa maravilhosa e quantas palavras sábias. Que bom que você não somente é alguém com pleno conhecimento da Palavra, mas consegue expor isto de uma forma muito simples e de fácil entendimento, tal qual o Mestre Jesus. Forte abraço fraterno. Lourdes.

  3. Em tempo… O que o Espírito de Deus me inspira a dizer sobre tudo isto é que: “A HORA É AGORA, E O TEMPO É ESTE”. Esta é a hora do vinho novo que somos nós. Este é o tempo do transbordamento do Espírito em nós, seu povo amado. Só temos que dizer: A santidade de nossas vidas apresse o Senhor e Ele logo virá. Deus o abençõe hoje e sempre. Lourdes Dias.

  4. Que palavra maravilhosa…Só o Espirito Santo mesmo que poderia usa-lo dessa maneira.Esse é o tempo de Deus nas nossas vidas,vinho novo, odres novos.O vinho que cura a ferida da alma e que nos esvazia de nós mesmo e nos faz sermos novas criaturas em Cristo Jesus.O vinho que representa novidade,alegria e o derramamento do Espirito Santo.
    Que possamos aguardar e estarmos preparado para o melhor vinho de Deus,aguardar o grande dia do noivo com a sua igreja!

  5. Parabéns irmão! REalmetne sãol palavras de edificação espiritual. Vou está prefgando neste domigo à noite e tirei várias experiencias para a minha mensagem. Que Deus possa te inspirar mais e mais para trazer-nos mensagens especiais. Que a paz do céu te ilumine.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s