Evangelho do Reino de Jesus Cristo

"E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim." Mt 24:14

Quão bom e Quão suave é que os irmãos vivam em união!

Somos a Igreja de Jesus Cristo, nós que cremos Nele e professamos a Ele como único Senhor e Salvador das nossas almas.

Apesar de sabermos disso muitas vezes desconhecemos a verdadeira unidade do seu Corpo.

Reconhecer quem são nossos irmãos em Cristo é um princípio necessário para que possamos militar legitimamente e agradar a Deus como convém, em direção ao foco certo.

 

Quem despreza ou mesmo desconhece um outro batalhão do SENHOR dos Exércitos, não está apto para militar na mesma guerra.

Não pode agradar Aquele que o arregimentou. Porque não entende a causa pela qual milita.

 

A esse respeito, o salmo 133 é um salmo profético e esclarecedor sobre a verdadeira unidade do Corpo de Cristo, a sua verdadeira família comprada com seu sangue.

No que o Senhor permitir falaremos desta revelação.

 

Salmo 133

“Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.

É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes.

Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre.”

 

Inspirado pelo Espírito Santo de Deus, o rei Davi salmodia este salmo exultando pelo quão bom e o quão suave é o viver em união dos irmãos.

 

Dizendo irmãos não se refere a irmãos de sangue ou de carne, mas irmãos em espírito, enquanto família de Deus. E compara esse viver em união como o óleo precioso sobre a cabeça do sumo-sacerdote Arão, que desce pela barba até as orlas de suas vestes.

 

Isso porque esta união se dá pelo óleo derramado. Até onde ele escorre.

 

=> O precioso óleo representa o Espírito Santo de Deus.

=> Arão representa o Sumo-sacerdócio que foi ocupado perpetuamente por Jesus Cristo.

 

“Tu amas a justiça e odeias a impiedade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.” Salmos 45:7

 

“Jurou o SENHOR, e não se arrependerá: tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque.” Salmos 110:4

 

“…que penetra até ao interior do véu, onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.” Hebreus 6:20

 

Assim o óleo derramado sobre o sumo-sacerdote (a cabeça de todo sacerdócio), representa o Espírito Santo que desceu sobre Jesus Cristo quando foi batizado por João Batista.

 

E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.” Lucas 3:22

 

E o derramar pelo seu Corpo, até as orlas de suas vestes, simboliza o Espírito Santo sendo derramado na Igreja depois da ressurreição de Jesus Cristo, no dia de Pentecostes (data de uma festa ordenada por Deus, comemorada cinqüenta dias após a páscoa, ocasião que Jesus foi crucificado)

 

“E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;

E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.

E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.

E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.”

Atos 2

 

 

É o Espírito Santo que forma o Corpo do Cordeiro, um só Corpo do povo de Deus. Porque é um só Espírito entre os filhos de Deus.

 

Espírito que convence do pecado a cada escolhido

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” João 16:7-8

 

Que faz habitação eterna neles

Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” 1 Coríntios 3:16

 

 

Que escreve a Lei de Deus nos seus corações,

dando condições de cumpri-La agora no coração, por Ele estar ali.

Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis. Habitareis na terra que eu dei a vossos pais; vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus.” Ezequiel 36:26

 

“estando já manifestos como carta de Cristo, produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações.” 2 Coríntios 3:3

 

que faz com que sejamos sacerdotes, por termos dentro do nosso templo o sumo-sacerdote Jesus Cristo.

 

Ora, o essencial das coisas que temos dito é que possuímos tal sumo sacerdote, que se assentou à destra do trono da Majestade nos céus, como ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo que o Senhor erigiu, não o homem.”

Hebreus 8:1-2

 

 

Tudo por direito e por meio da Cabeça que ajusta todo corpo, que por justiça recebeu a Unção e a deu a quem bem quis, segundo a dispensação da sua insondável graça, tendo-os justificados.

 

“Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor.” Efésios 4:15-16


O Orvalho


A união entre irmãos, a formação do Corpo de Cristo, da Igreja, assim como é comparada ao óleo derramado sobre o Sumo-sacerdote, é também comparada ao orvalho do monte Hermom, o que desce sobre os montes de Sião.

 

O monte Hermom foi o monte onde o Senhor Jesus transfigurou-se diante dos apóstolos Pedro, Tiago e João.

“E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.” Mateus 17:2

 

Essa união  é comparada aqui como o Orvalho deste monte porque da mesma forma que o orvalho cai sobre a terra seca umedecendo-a para vida, o Senhor desceu sobre nós como chuva a partir de Pentecostes, pela justiça da sua cruz.

 

“Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” Oséias 6:3

 

Abrirei rios nos altos desnudos e fontes no meio dos vales; tornarei o deserto em açudes de águas e a terra seca, em mananciais.”  Isaías 41:18

 

Nossos corações são os montes de Sião em Cristo Jesus, (Sião é o monte onde foi construído o Templo de Deus pelo rei Salomão, em alegoria à nós em Cristo e Cristo em nós)

 

Montes que recebem o orvalho do Hermom, da onde o Senhor foi glorificado: na presença de Deus.

 

Ele mesmo fazendo agora habitação em vasos de barros tão frágeis, mostra a toda criação que tem poder para transformar os últimos em primeiros, de forma justa e justificada em seu Filho.

Os homens, o vermezinho de Jacó, transformados em primícias recebedoras da maior e mais desejada herança de todas as criaturas, sejam de anjos, principados ou potestades: Ele mesmo em nós.

 

 

“Mas eu a mim me perguntava: como te porei entre os filhos e te darei a terra desejável, a mais formosa herança das nações? E respondi: Pai me chamarás e de mim não te desviarás.” Jeremias 3:19

(Recebedores em Cristo e por Cristo da natureza divina, feitos filhos do Pai Celestial agora)

“…pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo” 2Pedro 1:4

 

É por isso que a tribo dos sacerdotes não tinha qualquer outra herança nesta terra. Senão o próprio Senhor.

“Os sacerdotes terão uma herança; eu sou a sua herança. Não lhes dareis possessão em Israel; eu sou a sua possessão.” Ezequiel 44:28


Os sacerdotes levitas e toda a tribo de Levi não terão parte nem herança em Israel; das ofertas queimadas ao SENHOR e daquilo que lhes é devido comerão. Pelo que não terão herança no meio de seus irmãos; o SENHOR é a sua herança, como lhes tem dito.” Deuteronômio 18:1-2

 

Nós também, pela mesma promessa agora cumprida, por meio de Jesus Cristo somos uma nação de Sacerdotes e Reinos.

Sacerdotes porque o Sumo-sacerdote ministra de dentro do nosso coração, o seu verdadeiro templo.

 

“Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reinos e sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!” Apocalipse 1:5

 

também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo.” 1 Pedro 2:5

 

E Reinos porque o Rei se assentou nos nossos corações para reinar sobre toda criação. Fez em nós morada.

“então, um trono se firmará em benignidade, e sobre ele no tabernáculo de Davi se assentará com fidelidade um que julgue, busque o juízo e não tarde em fazer justiça.” Isaías 16:5

 

E é dali, de dentro do seu Templo que está acima de todos os céus e em nossos corações, sendo muitos por fora em um só por dentro,  que Deus ordena a benção e a vida para sempre. Porque seu Filho ali está e tudo lhe foi dado.

 

“…a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somosJoão 17:21

 

Fazendo fluir do nosso interior rios de águas vivas que jorram para eternidade, e vivificam tudo o que tocam.

Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” João 7:38

“Depois disto, o homem me fez voltar à entrada do templo, e eis que saíam águas de debaixo do limiar do templo, para o oriente; porque a face da casa dava para o oriente, e as águas vinham de baixo, do lado direito da casa, do lado sul do altar.” Ezequiel 47:1

“Então, me disse: Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no mar Morto, cujas águas ficarão saudáveis. Toda criatura vivente que vive em enxames viverá por onde quer que passe este rio, e haverá muitíssimo peixe, e, aonde chegarem estas águas, tornarão saudáveis as do mar, e tudo viverá por onde quer que passe este rio.” Ezequiel 47:8


Que A Paz do Senhor Jesus seja com toda sua Igreja! Amém.

 

Alan Z. Maia

 

Anúncios

Sobre Alan De Zoppa Maia

Missionário e servo de Jesus Cristo

3 comentários em “Quão bom e Quão suave é que os irmãos vivam em união!

  1. osana
    25 de junho de 2015

    A paz do senhor orem por mim tb

  2. stelio antonio
    16 de abril de 2016

    Deus no comando sê abencoado

  3. Robson Lindolfo
    14 de agosto de 2017

    Dio è fedele sovrano, perché la sua misericordia è per sempre.
    Amen
    🙏

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 14 de dezembro de 2010 por em Exortações, Quem é a Igreja de Jesus e marcado , , .

Mensajes en Castellano:

Junte-se a 1.783 outros seguidores

google-site-verification: googled8bd3413ab582730.html

  • 137,925 Visitas

Nossas Páginas

%d blogueiros gostam disto: