Evangelho do Reino de Jesus Cristo

"E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim." Mt 24:14

Conhecer a Deus

– Republicado –

.

“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento.”

Oséias 4:6

.

“Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.”

Oséias 6:3

_____________________

Existe um propósito muito grande de Deus, em que nós conheçamos quem Ele é.

Quando é dito que o Seu povo perece por falta de conhecimento e que devemos conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor, não está  sendo dito que devemos buscar acúmulo de informações, como verdadeiras bibliotecas bíblicas simplesmente.

Também não se trata de estudos de etimologia das palavras e da cultura bíblica, em idiomas e na História.

Tudo isso são, no máximo, auxílios, instrumentos que podemos usar para dar mais atenção às Escrituras. São auxílios tão quanto é o simples saber ler, que nos ajuda chegar face a manifestação da Palavra de Deus. Enquanto a Palavra mesmo, tem vida própria em si mesma.

Quase todos os apóstolos eram homens bem simples,  como pescadores e outras funções de pouco estudo. No entanto, por meio deles foram revelados os maiores mistérios de Deus que a Criação já soube, e as maiores manifestações do Seu Poder que a Igreja de Cristo conheceu.

Mas, hoje, mais do que nunca, estamos andando na contra-mão desta verdade que está bem no centro da fé cristã.

Será que nos esquecemos de como exclamou o próprio Jesus?

“Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.”

Mateus 11:25

E do que disse o apóstolo Paulo? Sendo o mais erudito dos apóstolos, o que disse a respeito do seu conhecimento e dos seus demais méritos?

“Mas o que para mim era lucro passei a considerá-lo como perda por amor de Cristo; sim, na verdade, tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo, e seja achado nele, não tendo como minha justiça a que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo” *1

Filipenses 3:7

Não creio que o apóstolo com o juízo de Deus que pairava sobre ele, estivesse sendo retórico ou usando de falsa humildade.

Conhecer a Deus não é como conhecer sobre uma ciência, estudando quantidade de informações e fazendo inferências lógicas sobre elas. Não é como pegar um livro, entender com a mente e proferir palavras ao seu respeito.

Conhecer a Deus é chegar diante da sua Palavra e ver sua face em cada letra e vírgula. É crer que o que você está lendo Dele é verdade, e aquilo que está diante dos seus olhos revela o seu infinito Ser, o seu amor e justiça, ainda que nossa mente lógica e limitada diga ao contrário. Diga que é loucura.

Pois como está Escrito, Deus se deu a conhecer ao homem pela loucura do Evangelho.

“Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação.” *2

1 Coríntios 1:21


.

Conhecendo assim a Deus como um filho pequeno  conhece o pai, pelo amor e admiração.

Conhecer a Deus = é igual a = se aproximar de Deus

.

É impossível que você conheça ao Criador dos céus e da terra e tudo o que neles  há,  Aquele que dá fôlego de vida à todos e conhece tudo de todos em todos os tempos,  seja no tempo presente, no passado ou  no futuro…   é impossível que você O conheça pelos seus próprios esforços, como um Objeto de estudo. Numa relação sua e Dele como de sujeito-objeto. Analisando-O com o coração longe.

É muita arrogância diante de Deus pensar assim.

Pois, Ele é quem escolhe à nós, e se dá a conhecer, antes que Dele soubéssemos.

Quando somos contemplados com esse Seu favor, somos impactados também pelo Seu Sobrenatural através da fé, de forma que todo o resto que você viu e viveu se torna insignificante perto do que lhe está sendo revelado.

Como disse Jesus a respeito do seu Reino manifesto (e que está Nele mesmo):

“O reino dos céus é semelhante a um tesouro oculto no campo, o qual certo homem, tendo-o achado, escondeu. E, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo.”

Mateus 13:44

Esta revelação vem quando pisamos num “chão de fé”, como se andássemos  numa ladeira acima, invisível, que vai subindo e tirando cada vez mais de nós a referência  de chão e o controle da situação, sem domínio sobre o que está se revelando.

Para agradar a Deus é necessário que antes se  CREIA  Nele.  E então sair da auto-confiança, e reconhecer nossa limitação e carência. Saber e aceitar que, por si mesmos, não governamos bem nossas vida, que, na verade, nem sequer o governo dela temos.

E diante de tal presença tão Santa e Soberana, “se arrepender” dos pecados e crer na Boa Notícia de Deus para todos que tem essa fé:

“Jesus Cristo, o Filho de Deus, se fez carne, para pagar nossos pecados em semelhança da nossa carne. Nos amou e seu sangue derramou na sua cruz até a morte, para em justiça encravar o escrito das nossas dívidas, agora pagas, na sua cruz. E, tendo ressuscitado no terceiro dia, deu o direito de todo aquele que Nele crê e a Ele se render,  ser reconciliado com Deus para todo sempre” 

Esse não é um Evangelho sentimental. Esse é o Evangelho do amor de Deus pela humanidade. É assim que está escrito.

Se você não O conhece, nunca o conhecerá por seus conhecimentos e méritos. Nunca o conhecerá enquanto não se despir da ilusão que vive neste mundo e se arrepender de seus pecados, crendo pelá fé que o sacrifico de Jesus Cristo foi por você, e que Ele está vivo hoje para te ouvir e ter compaixão de ti por seu clamor de coração à Ele.

E você, que o conhece pela fé, porque então agora busca prosseguir em conhecê-Lo pela razão? Porque tenta comprendê-Lo pelos seus próprios estudos e por saberes de homens pecadores e frágeis como você?

Afinal, se existe alguma verdade no que eles dizem sobre Deus, não veio porventura por meio de Deus mesmo?

Ou Ignora o que está escrito, que ninguém conhece a Deus senão o Espírito de Deus?

Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito, que nele está? Assim, também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus. Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente.

Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais”

Coríntios 2:11

.

E sobre o que disse o apóstolo João, sobre quem nos ensina?

“E vós possuís unção que vem do Santo e todos tendes conhecimento.”

1 João 2:20

“Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou.”

1 João 2:27

Ora, isso também significa que, tendo o Espírito Santo, se aprendemos de outro homem, aprendemos do que se manifesta da “Verdadeira Unção” nele, ou seja, do mesmo Espírito Santo. E não dos seus próprios conhecimentos históricos, lógicos ou etimológicos de homens.

Se você, quando houve palavras sobre Ele, não sente o mesmo calor no coração de quando O conheceu então, ou não são elas sobre o mesmo Deus que se Lhe deu A  conhecer, ou você não está mais do mesmo modo no Seu amor.

Lembra do que sentiram os dois discípulos de Jesus em Emaús ao ouvi-Lo. Ainda que não  O reconheceram quando falava, mas só depois:

“…então, se lhes abriram os olhos, e o reconheceram; mas ele desapareceu da presença deles. E disseram um ao outro: Porventura, não nos ardia o coração, quando ele, pelo caminho, nos falava, quando nos expunha as Escrituras?”

Lucas 24: 31

Eles sentiram suas palavras no coração porque realmente eram seus discípulos. E seus corações estavam para Ele, e ardiam pela Palavra.

Portanto, que venhamos se despir  de si mesmos, se arrepender de tudo o que está fora Dele, abrir nossos corações e cair de joelhos, quebrantados aos pés de Jesus Cristo pela fé, para que, talvez, pela sua muita misericórdia, Ele se compadeça e se manifeste ensinando à nós os seus caminhos e suas delicias que nossos próprios pés não podem chegar com suas forças, nem conhecê-Lo.

Para que assim possamos exultar como exultou Paulo, em meio as Revelações que lhe vieram quando escrevia sua carta aos romanos:

“Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!”

Romanos 11:33

Ele que a seu próprio respeito disse em gratidão a Deus:

“A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo

Efésios 3:8

Que o Senhor encha a  terra novamente de Seu conhecimento, para que entremos em juízo com Ele debaixo da sua graça, e assim sejamos purificados e adornados como nosso Deus, que é Santo, merece.

Amém.

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.”

Mateus 5:3

Alan.

Anúncios

Sobre Alan De Zoppa Maia

Missionário e servo de Jesus Cristo

Um comentário em “Conhecer a Deus

  1. richard
    18 de agosto de 2011

    É grande o governo de Deus em seus filhos,é como a raíz da arvore ou como paredes que sustentam a casa,e verdadeiramente digo que aquele em que é manisfesto o espírito santo e que se por um tempo apenas distanciar-se de Deus o seu mundo desaba,assim como tem acontecido comigo.

    Distânciar-se de Deus é como destruir as paredes para que o telhado cai sobre vc,pois aquele que anda ao lado de Cristo em constante fé e amor quando se distancia da sua proteção que é o próprio Cristo abre espaço para que dêmonios que ja o espreitam querendo derrubar aqueles em que Deus escolheu para que se manifestem seus dons,mas Deus nunca desampara a quem o busca,por isso aconselho a todos que em momentos dificeis se agarrem a Deus desesperadamente como se agarra um homem a algo qdo está prestes a se afogar pois é muito pior que se afaste de Deus do que se afogar ou qualquer coisa que nesse mundo aconteça a vós.

    Percebo que muitos homens encarregados de evangelizar são tomados pela ganancia e o poder do seu status e acabam ficando arrogantes e pelas vontades da carne são tomados,digo a todos que isso é uma guerra muitos não percebem mas,vários cristãos perecem em seu caminhar, como diz a bíblia devemos nos revestir de armaduras celestiais buscando cada vez mais a Cristo, porque nossa luta é contra as potestades do ar que tentam derrubar a huminadade de um lugar de que não se sobe mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 8 de junho de 2011 por em Exortações e marcado , .

Mensajes en Castellano:

Junte-se a 1.783 outros seguidores

google-site-verification: googled8bd3413ab582730.html

  • 134,014 Visitas

Nossas Páginas

%d blogueiros gostam disto: