O que é a Verdadeira Igreja de Jesus Cristo?

“Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrara no meu Deus: porque me vestiu de vestidos de salvação, me cobriu com o manto de justiça, como um noivo que se adorna com atavios, e como noiva que se enfeita com as suas jóias.”

Isaías 61:10

O que é a Igreja de Jesus Cristo na terra?

Quem é esta que tem vestes e adornos que agradam o Rei da glória? O Deus Santo, o Noivo?

Noiva sem mácula, nós? Diante do Deus que é Fogo consumidor, o Deus Terrível de Poder e Justiça?

Ora, nada pode Lhe resistir a presença.

Então qual a Noiva que entra em seus aposentos, face a face com Ele?

De fato, a Igreja que O agrada, aquela verdadeira Noiva toda adornada com as vestes mais brancas  que a neve, sem nenhuma mácula…   não é, de forma alguma, vestida da natureza corrupta do homem.  E  aí é que está sua essência de Noiva, do que ela é enquanto Uma com Ele.

A Unidade de sua formosura e perfeição com o Rei,  não é nada menos que Ele mesmo em nós.

A Rosa de Saron (a flor, o que tem de mais fino e puro), a Igreja de Jesus Cristo, é Ele em nós, pela presença do seu Espírito Santo dentro de nós, verdadeiro  adorno e vestes;  A Cabeça e o Corpo sendo um só.

Somos “pedras” do Seu Templo Eterno, ao mesmo tempo que somos o Templo total em cada um de nós, no Espírito de Deus.

“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus  habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o  templo de Deus, que sois vós, é santo.”

1 Coríntios 3:16-17

“Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.”

1 Pedro 2:5

Por isso o apóstolo Paulo vai dizer, em Romanos 8, que quem não tem o Espírito Santo não é de Cristo e que, aquele que O tem, tem em si mesmo a testificação, porque o Espírito Santo mesmo testifica com o nosso espírito que somos Filhos de Deus.

Pois a Igreja é o Espírito do Senhor em nosso espírito. Nem um nem outro apenas, mas a união dos dois. A igreja é a Noiva do Cordeiro, o Templo, o Corpo de Cristo, a Filha de Sião (fruto de Sião, monte que é o coração de Deus), a Casa de Davi, adornada com o seu próprio Deus dentro de si.

“Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.”

Romanos 8:9

 “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. 15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção*, pelo qual clamamos: Aba, Pai!16 O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”

Romanos 8:14

Pois, da mesma forma que o que nos faz filhos de nossos pais naturais na carne é ter, em nós, a “genética”, a essência do corpo daqueles que nos gerou, assim também, os filhos de Deus, enquanto filhos que são, possuem a essência do Corpo do Pai, que é o seu Espírito.

O homem natural não nasce filho de Deus. E a Palavra de Deus deixa claro a condição para“sermos feitos” seus filhos, como está escrito no Evangelho de João, ao falar de Jesus no mundo:

“Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. 10 Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. 11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; 13 Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. 14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.”  

João 1: 9

O Espírito que liberta, que traz a vida onde antes era só carne, proveniente do pó da terra. Este Espírito opera, necessariamente, nos seus filhos adotivos

“e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade…”

Ef 1:5 ( e Rm 8:15)

“Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.”

2 Co 3:17

“As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam. 10 Mas Deus no-las revelou pelo seu espírito; porque o espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

11 Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o espírito de Deus.”

1 Coríntios 2:9

Daí vem o entendimento de que, quando falamos da presença Dele em nós, não estamos falando da manifestação de dons, pois isto é uma conseqüência da Sua presença conosco, pois todos os dons emanam do mesmo Rio, do mesmo Espírito.

Digo isto porque muitos acreditam, por engano, que a presença do Espírito Santo vem pelo dom de línguas, porém tanto este como os demais dons servem para testificação da Sua Santa Presença. O que não significa que quem não tenha manifesto um dom específico, como o falar outras línguas, não tenha o Espírito Santo.

Pois da verdadeira Igreja diz o apóstolo Paulo na carta aos Corintios:

“Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular. 28 E a uns pôs Deus na congregação, primeiramente, apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, doutores, depois, milagres, depois, dons de sarar, socorros, governos, variedades de línguas. 29

Porventura, são todos apóstolos? São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres?30 Têm todos o dom de sarar? Falam todos diversas línguas? Interpretam todos?

1 Coríntios 12:27

Não se trata de diminuir a beleza do dom de línguas estranhas, manifesto pelo Espírito de Deus mas, antes, de esclarecer que quem busca somente nesta evidencia a convicção da presença do Espírito Santo no homem,  pela carne o busca, pois procura ver provas de Deus no seu irmão somente através de uma evidência visível à carne, pelo seu homem natural. Sendo que o que discerne espírito é espírito, e não carne.

Todos aqueles que tem o Espírito Santo de Deus são a mesma coisa, porque são um Nele. Porque o Espírito Santo que habita em nós e que ao mesmo tempo é Deus Pai e Jesus Cristo, como o próprio Senhor disse:

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.”

João 14:23

Deus não entra pela metade no coração dos seus filhos. E o que difere um filho do outro é o vaso de barro, enquanto o Tesouro mesmo dentro dos vasos, infinitamente superior ao vaso, é o mesmo.

Assim, diferenças de vasos de barro para outros vasos de barro, perto do tesouro que possuem, não significam nada, como está escrito:

“Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. 7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência da eficácia do poder seja de Deus e não de nós.”

2 Coríntios 4:6

(o vaso de barro  -> somos nós; o tesouro dentro do vaso -> O Espírito de Deus em nós)

Agora, retornando a Noiva, a única coisa que poderia agradar a Deus e, mais; subsistir na Sua presença, o Fogo Santo abrasador, é Ele mesmo.

Assim, para que possamos ser um Nele, é preciso que antes Ele seja Um em nós.

Tão como ele fez com as madeiras defeituosas (de acácia) que formavam as paredes da sua Tenda da congregação na época de Moisés, quando as revestiu de ouro e com o ouro corrigiu suas brechas e imperfeições, encaixando-as todas juntas todas do mesmo tamanho, para depois manifestar Sua presença no meio delas (dentro da tenda), assim também, Ele mesmo fez conosco.

“Farás também as tábuas para o tabernáculo de madeira de acácia, as quais serão colocadas verticalmente. 16 Cada uma das tábuas terá dez côvados de comprimento, e um côvado e meio de largura.17 Cada tábua terá duas mãos, travadas uma com a outra: assim farás com todas as tábuas do tabernáculo…”

Êxodo 26:15

“E cobrirás de ouro as tábuas, e farás de ouro as suas argolas, para meter por elas as barras: também as barras as cobrirás de ouro. 30 Então levantarás o tabernáculo conforme ao modelo que te foi mostrado no monte.”

Êxodo 26:29

Sendo aquilo que foi construído por ordem de Deus, na época de Moisés, apenas sombra do que haveria de ser espiritualmente na verdade.

“Porque Cristo não entrou no santuário feito de mão, que era figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer, por nós, perante a face de Deus; 

Hebreus 9:24. (também 9:1-23)

Deus pega madeiras de acácia, madeiras defeituosas, cheias de nós na sua superfície, pelo tipo da sua própria espécie, e as reveste de ouro, tornando-as cheio de brilho e beleza e tampando suas brechas.

Desta forma o Espírito Santo faz conosco, reveste-nos Dele, um povo cheio de fraquezas e brechas, para que possamos suportar a Presença de Deus dentro da “Tenda”, ou seja, dentro do nosso coração, do nosso espírito, tornando-nos um só Nele (por isso “Tenda da congregação”).

“E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim; 21 para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um. 23 Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.”

João 17:20

E esse processo é a própria Luz, Jesus Cristo – “…a luz que resplandece nas trevas, e as trevas não prevalecem contra ela” (Jo 1:5) -, resplandecendo nas nossas trevas (na nossa carne animal, animada até então apenas por uma alma vazia sem Deus). É a Vida vencendo a morte. Até vencê-la por completo na Eternidade.

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; 26 e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês tu isto?”

João 11:25

“Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo ’’ não pode ver o Reino de Deus.”

João 3:3

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.”

 2 Coríntios 4:16

 

Amém.

Por Alan Z Maia

Evangelho do Reino de Jesus Cristo

a

“Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrara no meu Deus: porque me vestiu de vestidos de salvação, me cobriu com o manto de justiça, como um noivo que se adorna com atavios, e como noiva que se enfeita com as suas jóias.”

Isaías 61:10

 

O que é a Igreja de Jesus Cristo na terra?

Quem é esta que tem vestes e adornos que agradam o Rei da glória? O Deus Santo, o Noivo?

Noiva sem mácula? Nós?

Diante Dele?, do Deus que é Fogo consumidor, o Deus Terrível de Poder e Justiça?

Ora, nada pode Lhe resistir a presença. Então qual a Noiva que entra em seus aposentos, face a face com Ele?

De fato, a Igreja que O agrada, aquela verdadeira Noiva toda adornada com as vestes mais brancas  que a neve, sem nenhuma mácula…   não é, de forma alguma, vestida da natureza…

Ver o post original 2.331 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s