Evangelho do Reino de Jesus Cristo

"E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim." Mt 24:14

Gogue e Magogue – O mistério do Povo inimigo de Deus – Pte1

 

“Filho do homem, dirige teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal, e profetiza contra ele”.

Ezequiel 38:2.

 

Gogue é da terra de Magogue, que significa “Teto” ou “Telhado”, no hebraico. Significando também o nome de um príncipe em uma terra, sendo o chefe de um Povo, de uma Nação chamada Magogue.

Por isto, em revelação, sabemos também que se refere ao teto ou a cobertura desta terra de Magogue, tanto no sentido natural como espiritual, o que quer dizer que Gogue está “por sobre” este povo ou nação chamada Magogue.  Gogue é o céu deles, é o céu de uma nação chamada Magogue.

Gogue não somente é a terra de Magogue, ou o nome do príncipe dela, mas também é o nome daquilo que lhe é por cobertura, o que lhe está por cima, como o seu céu. Significando assim o espiritual e moral desta terra.

Já Magogue é um povo, uma nação, a qual foi dada o nome do segundo filho de Jafé, o filho de Noé.

Magogue, este mesmo que é citado na palavra de Deus em Ezequiel 38:2, está ali descrito em revelação de uma profecia que vai nos falar o que  ele, figurado no nome do filho de Jafé, representa como povo dentro dessa descendência.

Desse descendente de Jafé viriam a descender também às nações gentílicas, que vão se levantar no final dos tempos contra Israel.

Aqui, lembrando-nos  também que na Palavra de Deus este povo Magogue estava junto com outras nações na Torre de Babel.

Deus fala contra eles:

 “Filho do homem, dirige teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal, e profetiza contra ele”.

Ezequiel 38:2.

 

E na Sua Santa Palavra o que mais nos diz deste Gogue? Príncipe de Magogue, e de muitas outras nações juntas? O que nos fala desde a sua origem?

Rúben o filho primogênito de Jacó, pecou deitando-se com a mulher do seu pai, e com isto perdeu os direitos da sua primogenitura. Nesta transgressão, a sua descendência traria grande desastre para dentro de Israel, e que repercutiria até mesmo na Igreja de Cristo no final dos tempos. Digo a Igreja, não em sua totalidade, mas na sua porção que, de igual modo se assemelharia aquela transgressão, ainda que pertencendo ao povo de Deus, como também era aquele.

Sobre a profecia de Jacó a respeito deste Rúben está escrito:

 

”Depois chamou Jacó a seus filhos, e disse: Ajuntai-vos para que eu vos anuncie o que vos há de acontecer nos dias vindouros.”  

“Ajuntai-vos, e ouvi filhos de Jacó; ouvi a Israel vosso pai:” 

“Rubén, tu és meu primogênito, minha força e as primícias do meu vigor, preeminente em dignidade e preeminente em poder”.

“Descomedido como a água, não reterás a preeminência; porquanto subiste ao leito de teu pai; então o contaminaste. Sim, ele subiu à minha cama.”

Gênesis, 49:1-4.

 

E sendo Rúben o primogênito, ao profanar o leito do pai não somente trouxe “castigo” sobre si mesmo, como também “consequência de maldição” em um descendente, pela transgressão neste pecado:

 

“Então partiu Israel, e armou a sua tenda além de Migdal-Eder”.

“Quando Israel habitava naquela terra, foi Rubén e deitou-se com Bila, concubina.”

Genesis 25:21,22.

 

“Quanto aos filhos de Rubén, o primogênito de Israel (pois ele era o primogênito; mas, porquanto profanara a cama de seu pai, deu-se a sua primogenitura aos filhos de José, filho de Israel, de sorte que a sua genealogia não é contada segundo o direito da primogenitura);”

“(pois Judá prevaleceu sobre seus irmãos, e dele proveio o príncipe; porém a primogenitura foi de José)”.

“os filhos de Rúben o primogênito de Israel: Hanoque, Palu, Hezrom e Carmi.”

“Os filhos de Joel: Semaías, seu filho; Gogue, seu filho; Simei, seu filho;

Mica, seu filho; Reaías, seu filho; Baal, seu filho;
Beera, seu filho, o qual Tiglate-Pilneser, rei da Assíria, levou preso; este foi príncipe dos rubenitas.”
1 Crônicas 5:1-6

 

De Judá veio à descendência do principado do Messias, Jesus Cristo. Porém de Rubén veio a nascer um de nome Gogue (ver no verso quatro), o mesmo nome daquele que Deus fala: Gogue, o príncipe das nações que virá no fim dos tempos contra Israel e a sua Igreja. Ou seja, “Um” que havendo recebido a palavra de Deus, em alguma ocasião com os seus descendentes a trairiam. Se Voltariam contra Deus e sua Igreja.

Portanto, este que é descendente de Rubem, como descrito na Palavra citada acima, por nome de Gogue, proveniente da família da carne de Rubén, traria consigo, em sombra, o nome do filho da perdição.

Em suma, por ter profanado o leito de Israel, Rubem gera em uma parte da sua descendência na carne um com o nome de Gogue, (dizemos “em parte” porque não é anulada a tribo inteira, a qual inclusive foi posta por nome de uma das doze portas da Jerusalém celeste). Descendência que, pelo pecado que cometeu Rubem e dos que pecariam a semelhança desta transgressão, e muitos seriam os que assim fariam, passariam a ser chamados de Gogue e Magogue.

Assim, nos é revelado que este é o tipo de homem que conhecendo o poder e a lei de Deus, se volta contra seu genitor físico e espiritual em prostituição e profanação.

Uma traição da qual não trouxe condenação a Rubem, mais aos descendentes deste tipo de pecado cometido contra Deus.

Ao profanar Rubem o leito e a lei; gerou no seu ato o princípio de uma vileza sobre um tipo de “homem de traição”, um que trairia ao seu pai e ao seu Deus por meio deste pecado de profanação. Princípio que dará a legalidade para o surgimento de um príncipe das trevas que se levanta com muitas outras nações em semelhança de pecado, ao profanarem também o descanso e os tempos de Deus, se rebelando contra Ele no fim dos tempos.

E tudo isto em um descendente neste pecado de Rubem.  Transgressão que lhe foi a ele perdoada; embora quando ela fosse manifesta em toda uma geração no fim dos tempos, seria trazida como a mesma transgressão em muitos.  E neste descendente por nome Gogue tomaria Deus o seu nome para designar por ele o nome daquele príncipe que no encoberto e desde as trevas voltar-se-ia contra Deus usando os homens.  Atacando a igreja e ao seu povo gerado no Espirito, através da Palavra.

O mesmo príncipe que é o verdadeiro anticristo (formado nos homens rebeldes), vindo ao poder através de Satanás. Levantando-se no fim dos tempos contra  Israel e contra a igreja que é o povo de Deus.

No tempo de hoje Gogue é o nome do príncipe da iniquidade. “Residente espiritual” na consciência e no coração dos homens perversos. Ele é Teto deles, o seu cobertor espiritual.

Por isso, também domina nos membros e nas ações dos homens rebeldes a Deus, os quais estão baixos a tirania deste domínio pela potestade do ar. E é assim como eles se compõem no mundo; formando o corpo dos filhos da perdição.

São estes que formam Magogue, tendo um só nome, embora sejam muitos, como também os demônios que na ocasião do gadareno se apresentaram a Cristo com um só nome: Legião, embora fossem muitos.  Magogue junto a muitas nações, que formarão um mesmo corpo, são os que rejeitarão no fim dos tempos a vida Eterna prometida por Cristo; vida eterna e salvação que vieram através Dele.

Da mesma forma que como o filho de Jacó perdeu a sua progenitura, Rubem, e mesmo assim foi salvo pelo arrependimento, assim também tem sido salvos muitos que pecaram como ele e se arrependeram. Porém, ainda sim, é na sua descendência que aparece o nome de Gogue, referindo-se a uma porção da mesma geração que como eles transgredirão o mandamento de Deus e não se arrependerão no final dos tempos, formando um corpo já com sentença de morte, por não terem mais o poder do arrependimento.

Recaindo sobre os descendentes deste pecado esta herança maldita e, pelo tanto, ficando expostos a este juízo de transformação como um corpo inimigo de Deus.

Juízo que virá sobre todos os que pisaram sobre a salvação e pecaram como a medida daquele que se deitou sobre o leito de seu pai, Israel.

Deus determinou que eles tenham no final o castigo eterno, por terem se levantado  profanando o pacto com Deus, sendo contra Israel, o filho de Deus.

Desde tal pecado, nascido na transgressão de Rubem e juntado em Gogue (ainda que Rubem mesmo houvesse alcançado perdão); haverá como que um juízo na carne sobre os muitos dessa transgressão, que ajuntar-se-ão em um corpo, como naquele corpo que no final dos tempos será chamado “o homem da perdição”.

Um pecado no espirito que agora virá a manifestar-se nos homens corporalmente que são para perdição no final dos tempos. São estes os que, profanarão a salvação.

A palavra diz:

“Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se têm levantado; por onde conhecemos que é a última hora”.

“Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; mas todos eles saíram para que se manifestasse que não são dos nossos”.

“Ora, vós tendes a unção da parte do Santo, e todos tendes conhecimento”.

“Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade”.

Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho.

“Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem também o Pai.”

Primeira carta do apostolo João, 2: 18 ao 23.

Por Juan Sebastian Gonzalez Jimenez

continua…

Anúncios

Sobre Juan S. Gonzalez Jimenez

Um comentário em “Gogue e Magogue – O mistério do Povo inimigo de Deus – Pte1

  1. Pingback: Gogue e Magogue – De Gogue origem e formação até o Anticristo – Pte 2 | Evangelho do Reino de Jesus Cristo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Mensajes en Castellano:

Junte-se a 1.816 outros seguidores

google-site-verification: googled8bd3413ab582730.html

  • 144,580 Visitas

Nossas Páginas

%d blogueiros gostam disto: